Apple

fruto cópia

 

Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim,

disse Deus: não comereis dele,

nem nele tocareis

para que não morrais.

Gênesis, 3:3

 

O que é Apple?

 Apple como todos sabem é um uma palavra de origem inglesa que significa ‘maçã’, e será através dessa palavra que iniciaremos aqui uma fonte de informação por meio de curiosidades, novidades e tudo que cerca o universo teen. Nessa nova aba esperamos mostrar não só o universo Twilight, e sim o todo: outros livros, filmes, mangás e músicas que nos tentam mostrar um significado a mais. Aqui você encontrará novas idéias e debates para ajudar-vos a mergulhar de cabeça na imaginação.

 

A MAÇÃ E DEATH NOTE 

death_note

 

Durante grande parte do mangá e até do anime, a maçã tem uma ênfase muito grande, e aparece sempre, em todos os capítulos, de fato é algo que nos deixa muito curioso, mas pesquisando melhor encontramos algumas relações da suposta “Inclusão da Fruta” na obra de Tsugumi Ooba. Muitos de vocês sabem da relação bíblica da maçã, principalmente quando o assunto é o Jardim do Éden. Mudando um pouco do assunto Bíblico, lembramos que Ryuuku citou “Aquele que usar o Death Note, não poderá ir nem ao céu e nem ao inferno”, estas duas explicações tendem a ter uma explicação inevitável. Que apesar de tudo, o Shinigami sonha em poder estar algum dia no Paraíso, seja ele no céu ou no inferno, pois estão condenados a vagar em outra dimensão (O mundo dos Shinigamis), possivelmente por serem Deuses da Morte. Portanto não seria estranho ver Ryuuku comer 20 maçãs por dia, pois na verdade é uma representação épica, seria como uma submissão a esta fruta. De um jeito mais aberto, existe uma citação perfeita “Aquele que usa o Death Note, deve provar da fruta proibida”. Azar do Raito que tem que gastar rios de dinheiro com maçãs. Lembrando, como foi dito no começo da informação essa relação que encontramos da maçã é apenas uma suposição, autores da própria obra ja afirmaram que não tem motivo nenhum o fato da fruta preferida do Ryuuku ser uma maça, mas que é curioso, isso é! 

 

Aberturas (The World e What’s Up, People?!), primeiro final (Alumina) e ao longo da série – Trata-se de uma forma de conhecimento, mas que é ora o fruto da Árvore da Vida, ora o da árvore da Ciência do bem e do mal: conhecimento unificador que confere a imortalidade, ou conhecimento separador, que provoca a queda. Comer a maçã significa abusar da sua inteligência para conhecer o mal, da sua sensibilidade para o desejar, da sua liberdade para o fazer. – A imagem da maçã, aparecida tantas vezes, ilustra a grandiosidade da sabedoria de Raito que, mal utilizada, traz consequências irreversíveis (mais uma vez, alusão ao seu final trágico – a sua morte. Ao ser dono do Death Note, acede ao conhecimento separador, que provoca a queda. Raito trinca a maçã em The World, ou seja, abusa da sua inteligência para conhecer o mal, da sua sensibilidade para o desejar (em vez de se restringir à eliminação daqueles que causam o caos e a desordem, deseja suprimir também os que se lhe opõem, dado que são pessoas que negam a existência de Kira como deus), da sua liberdade para o fazer (liberdade construída com base em esquemas mentais – que é capaz de elaborar graças à grande inteligência que tem – que lhe permitem escapar aos golpes dos inimigos). Contudo, durante a série, Raito oferece as maçãs a Ryuuku, que as come – o Shinigami conhece, deseja e faz o mal, só que de uma forma mais discreta do que Raito, isto é, divertindo-se com a tragédia que tem o seu início assim que Raito se assume como dono do Death Note.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


%d blogueiros gostam disto: